segunda-feira, 16 de outubro de 2017

PETZI    
NO PAIS DO SONO      

PORTUGAL     

EDITORA FUSÃO VERBO   

1975    



Em formato 16,5 x 24,colorido e 36 páginas,lançado em Agosto de 1976.   Textos e ilustrações de Carla e Vilhelm Hansen e versão portuguesa de Antônio Manuel Couto Viana.




Petzi ou Rasmus Klump no original Dinamarquês,é o nome de uma série de banda desenhada criada em 1951 pelo casal Dinamarquês - Carla e Vilhelm Hansen ,na realidade marido e mulher. Essas histórias foram traduzidas em várias línguas fazendo com que o personagem principal ficasse também conhecido por outros nomes, como por exemplo: Rasmus Nalle, Pol ou outras variações.
Dirigidas a crianças, as histórias contam as aventuras de um filhote de urso , o Petzi, e os seus amigos: Pingo , um pinguim, Riki , um pelicano e Almirante , uma foca, entre outros. Sempre vestido com umas calças vermelhas com pintas brancas, Petzi viaja a bordo do seu barco Mary, construído com os seus amigos no primeiro episódio.
Embora seja banda desenhada, o formato não usa os balões de fala, mas legendas.
Petzi começou como tiras de jornal e atingiu sucesso quando foi traduzido mundialmente. Quando os fãs pediram mais, os Hansen começaram a publicar as histórias em livro. Uma série de televisão em Dinamarquês foi emitida entre 1997 e 2000.
A 17 de Novembro de 2001, a publicação chegou ao seu quinquagésimo aniversário. A ocasião foi assinalada na Dinamarca com a emissão de um selo comemorativo.


BRUCE LEE :
THE MAN ONLY I ENEW

ESTADOS UNIDOS 

EDITORA WARNER PAPERBACK LIBRARY     

1975     



Em formato 10 x 17,5,em preto e branco e 210 páginas,lançado em Agosto de 1975,com a história de Bruce Lee,escrita por Linda Lee.



Bruce Lee, nascido Lee Jun-fan, em chinês 李振藩 , nasceu em São Francisco,no dia 27 de novembro de 1940 e morreu em Kowloon,no dia 20 de julho de 1973 , foi um artista e instrutor de artes marciais, filósofo, actor e cineasta norte-americano de Hong Kong, fundador do Jeet Kune Do[ e filho da estrela de Ópera cantonesa Lee Hoi-Chuen. É amplamente considerado por muitos comentadores, críticos, pela mídia e por outros artistas marciais como um dos mais influentes artistas de artes marciais de sempre, e um ícone da cultura pop do séc. XX. É muitas vezes dado crédito a Lee por ter ajudado a mudar a maneira de como os asiáticos eram apresentados nos filmes americanos.

Lee nasceu no bairro de Chinatown em São Francisco filho de pais oriundos de Hong Kong, e cresceu com a família em Kowloon. Foi introduzido na indústria cinematográfica pelo seu pai aparecendo em diversos filmes como uma criança actor. Lee foi para os Estados Unidos com dezoito anos para ter ensino superior na Universidade de Washington, em Seattle que começou a ensinar Artes Marciais. Os seus filmes de Hong Kong e Hollywood elevaram os filmes tradicionais de artes marciais de Hong Kong para um novo nível de aclamação e popularidade, criando no Ocidente na década de 1970 um grande interesse nas artes marciais chinesas. A direcção e o tom dos seus filmes mudaram e influenciaram as artes marciais e os filmes de artes marciais tanto nos Estados Unidos, como em Hong Kong e no resto do mundo.

Lee tornou-se conhecido pelo seu papel em cinco longas metragens: The Big Boss (1971) e Fist of Fury (1972) de Lo Wei; Way of the Dragon (1972) da Golden Harvest, realizado e escrito por Lee; Enter the Dragon (1973) da Golden Harvest e Warner Brothers e The Game of Death (1978), ambos com realização de Robert Clouse. Lee tornou-se uma figura icónica por todo o mundo, particularmente entre os chineses, visto que ele retratava o nacionalismo chinês nos seus filmes. Treinou na arte do Wing Chun e mais tarde combinou as suas outras influencias de outras fontes, no espírito da sua própria filosofia de artes marciais, ao qual chamou Jeet Kune Do (O Caminho do Punho Interceptor). Lee tinha dupla nacionalidade, americana e de Hong Kong. Morreu em Kowloon Tong a 20 de julho de 1973, com 32 anos.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

CIRCUS   42      

FRANÇA        

EDITORA GLÉNAT        

1981        



Em formato 22 x 29 , mesclado em preto e branco e colorido e 100 páginas,lançado em Outubro de 1981.   Com "Les Aventures D'Iznogoud","La Route des Goëlands","Ernie Pike","L'Asile Rux Sortiléges","Le Mystere de L'Antarctique","Gérald le Diable","Bastos & Zakousky","Mafalda" e outros.

Circus é uma revista em quadrinhos francesa , publicada pelas Edições Glénat, cuja primeira edição foi publicada em junho de 1975 e cuja última edição , a de número 130 , foi as bancas em outubro de 1989.

Ilustração de capa desta edição é de Wininger.








DON MIKI  461      

ESPANHA      

EDITORA MONTENA        

1985        



Em formato 13 x 18,colorido e 84 páginas , com Tio Patinhas,Pato Donald,Huguinho,Zezinho e Luisinho,Irmãos Metralha,Mickey,Pateta,Coronel Cintra,João Bafo de Onça,Vovó Donalda e Maga Patalójica.  Lançado em 08 de Agosto de 1985,na Espanha.



CIRCUS   38      

FRANÇA        

EDITORA GLÉNAT          

1981            



Em formato 22 x 29 , mesclado em preto e branco e colorido e 100 páginas,lançado em Maio de 1981.   Com "Les Aventures D'Iznogoud","La Route des Goëlands","Ernie Pike","L'Asile Rux Sortiléges","Le Mystere de L'Antarctique","Gérald le Diable","Bastos & Zakousky","Mafalda" e outros.

Circus é uma revista em quadrinhos francesa , publicada pelas Edições Glénat, cuja primeira edição foi publicada em junho de 1975 e cuja última edição , a de número 130 , foi as bancas em outubro de 1989.

Ilustração de capa desta edição é de Don Lawrence.





sábado, 9 de setembro de 2017

PAPERINO MESE   88    

ITÁLIA

EDITORA MONDADORI      

1987      



Em formato 14 x 21 , colorido e 260 páginas com Pato Donald,Tio Patinhas,Huguinho,Zezinho e Luisinho,Mickey,Pateta,Maga Patalójica,Professor Pardal,Madame Min,Professor Gavião,Margarida,Patacôncio,Brigite,Peninha e João Bafo de Onça.


GARFIELD    48          
WILL EAT FOR FOOD        

ESTADOS UNIDOS        

EDITORA BALLANTINE BOOKS          

2009              


                                               Em formato 22 x 23 , colorido e 98 páginas.


O gato Garfield é estrela de uma das tirinhas mais famosas da história, sendo publicado em 2570 jornais de todo o mundo. Os outros personagens principais são Odie, um cão estúpido, e Jon Arbuckle, um cartunista, dono dos dois. Garfield é criação de Jim Davis, que tirou o nome de seu avô James Garfield Davis.